Reboco de Parede

É o acabamento que a parede recebe após ter terminado a parte da alvenaria de uma obra, ou seja, após ter levantado as paredes, colocado a laje, feito o contra-piso, instalado a parte hidráulica e ouros por menores. O reboco consiste na mistura de cimento, areia e cal que vão dar origem a argamassa permitindo assim a realização de suas tarefas, você tem varias vantagens quando opta pelo reboco, pois além de atribuir maior resistência ás paredes de sua casa ele também a torna impermeável protegendo assim a parte interna de sua parede como a lajota ou mesmo o bloco de concreto, que podem se deteriorar com o passar dos anos caso estes fiquem expostos ao tempo por um longo período, você ainda pode agregar outro produto impermeabilizante na argamassa, aumentando ainda mais a qualidade da massa o que o leva a protegendo mais a sua parede. Algumas cautelas devem ser observadas antes de iniciar o reboco tais como: verifique se a parede foi chapiscada ou não, se ainda não foi procure chapiscá-la primeiro, pois o chapisco serve para fixar melhor o reboco na parede, verifique se a parede esta no alinhamento, no prumo e no esquadro. Estes são fatores que devem ser vistos e corrigidos quando está levando as paredes, pois fica mais fácil corrigir, caso você deixe para corrigir no reboque você corre o risco de não obter um bom resultado, sem dizer que os gastos serão bem maiores tentando corrigir o erro com a massa do reboco.

Depois desta etapa em que a sua parede foi revestida com o reboco, você poderá passar para a outra etapa, que é o toque final da sua obra de arte, neste caso as opções são muitas como: pintura, textura, papel de parede, pastilhas de vidro, pisos ou azulejos; enfim são vários tipos de revestimentos dos qual você pode estar optando por colocar em sua casa e cada um deles com um tipo de modelo diferente para você estar escolhendo, pense bem, pois esta é uma etapa importantíssima, visto que ela vai influenciar muito no conforto de sua casa tanto térmico, quanto acústico, como também na beleza dela deixando mais moderna e sofisticada.

Alguns passos são importantes para se tomar quanto à realização desta tarefa. O 1º: meça a espessura desejada que será feito o reboco e coloque as mestras, pois é a partir destas mestras que o reboco vai dar continuidade; 2º: com o auxilio de uma colher de pedreiro e uma desempenadeira aplique a argamassa sob a superfície da parede sempre respeitando a espessura com que foi feito as mestras, faça uma faixa no sentido vertical de uma mestra á outra de dois em dois metros, esta medida é igual à régua que você utilizará para sarrafiar o reboco tirando assim o excesso do da argamassa da parede; 3º: após ter feito esta demarcação chape a argamassa por todo o interior desta marcação, deixe a massa puxar um pouco (em média uns 40 a 60 minutos) em seguida utilize novamente a régua para sarrafiar esta parte deixando-a na espessura desejada, comece a sarrafiar de cima para baixo.

Ainda tem mais. No 4º passo: utilize uma desempenadeira para deixar a superfície mais lisinha, se por ventura a massa puxou de mais use uma broxa umedecida de água e espalhe na região em que você está desempenado assim facilita o serviço e você consegue melhores resultados, o fato de puxar demais a massa ou não vai depender muito do clima ( se estiver fazendo muito calor a massa puxa rapidamente, agora se o tempo estiver frio ou meso chuvoso a massa demora mais tempo para puxar); 5º: faça movimentos circulares com a desempenadeira, assim você tira os excesso da massa  que não saiu na régua e garante melhores desempenhos; em seguida use um filtro tirando o excesso da areia que fica solta na superfície da parede deixando-a mais refinada, utilize o filtro também no sentido circular, o mesmo que você utilizou com a desempenadeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *