Concreto armado

O concreto armado é uma estrutura de concreto que em seu interior possui armações feitas com barras de aço para reforçar as suas estruturas, estas armações são necessária para atender as necessidades dos concretos em certos tipos de serviços em que o há um esforço de tração maior ou vibração. Seu forte é a resistência à compressão, e são muito usados em lajes, vigas e pilares, ou melhor, dizendo são indispensáveis na execução de tais tarefas.

Esses projetos de estrutura de concreto armado são feitos por engenheiros especializados no assunto, que conhecem bem os cálculos a serem realizados e os fazem com precisam, são conhecidos também como calculistas, são estes engenheiros que vão calcular a resistência do concreto, assim como também as bitolas de aço que irão ser usadas, os espaços entre as barras de aço e as dimensões das peças que farão parte do projeto como: sapatas, blocos, pilares, lajes e vigas.

Um bom projeto deve levar em considerações todas as variáveis possíveis que podem ocorrer em uma construção não só os preços do concreto e do aço que ira ser utilizado, ao se instalar uma resistência maior no concreto pode diminuir os tamanhos das peças, com isto você irá diminuir o volume final do concreto, o tamanho das formas que se utilizar o tempo das suas deformas, a sua quantidade de mão de obra e a velocidade da obra que está em andamento, entre outras vantagens que se obtém com o uso do concreto armado.

Sua mistura consiste em:

Agregados graúdos: pedra britada, seixos rolados, etc.

Agregados miúdos: areia e pedregulhos.

Aglomerantes: cimento, neste caso o cal não pode ser usados no concreto armado, porque acabam corroendo o ferro que é o responsável por sustentar as forças de tração.

Água

Adições minerais: sílica ativa, metacaulim, cinza de casca de arroz, etc.

E os aditivos, aceleradores, retardadores, fibras e corantes.

[nggallery id=59]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *