Topografia

A topografia tem como base o estudo de todas as não conformidades geográficas definindo a sua situação e localização na Terra ou outros, como astronômicos, inclusive planetas, luas e asteroides, mais não para por aí não, ela abrange muito mais, ela é um instrumento essencial para a implantação e acompanhamento de todo tipo de construção, como os projetos de edificações, urbanizações, algum tipo de movimentação de terras, como também qualquer tipo de projeto viário. É uma ciência que se aplica em áreas pequenas; no caso de áreas maiores são usados outros termos como o termo geodésica, neste caso são usadas algumas coordenas que envolvem duas distâncias e uma elevação, ou ainda uma distância, uma elevação e uma direção, como podemos perceber é uma ciência bem complexa e detalhada.

A Topografia por ser uma ciência que envolve o estudo das superfícies terrestres, também não poderia deixar de lado as construções, os rios, as vegetações, as ferrovias e as rodovias, pois são áreas que envolvem diversos tipos diferentes de superfícies como relevos, limites de um terreno para o outro que devem ser observados, a Topografia se divide nas seguintes partes: a Topometria que é responsável pela medição de distancias e ângulos assim vão reduzir as imperfeições do terreno com mais exatidão, dentro das exigências da função em que é destinado o levantamento topográfico.

Dentro ainda da topometria nós encontramos a planimetria (planos horizontais) e a altimetria (ângulos e distanciais verticais), o levantamento feito é representado sobre um plano vertical, como um corte do terreno, tem também a Taqueométrica, nada mais é do que a divisão que se trata do levantamento de pontos de um terreno, de forma em que se possa obter com mais agilidade as plantas com curvas de níveis, com isto nós podemos ter em mãos o plano horizontal e as diferenças de níveis, essas planas recebem o nome de plani-altimétria.

A outra parte em que se divide a Topografia é a Fotogrametria que também é uma ciência em que nos leva a conhecer o relevo de uma região através de fotos, antigamente as imagens eram pegas do solo terrestre, mais hoje em dia com tanta modernidade essas fotos são produzidas a partir de aviões e satélites, ou seja, é feito por meio de detecção remota, são usados conhecimentos de estereoscópia, assim podemos perceber que é possível ver o relevo de uma determinada região em que está sendo fotografada ou ainda em que esteja sendo representada por alguma imagem e com isto medir as diferenças de níveis para que se possam fazer as plantas e cartas e as mesmas saiam com perfeição. Para que tudo sai com exatidão e perfeições e o serviço seja realizado com sucesso, são utilizados alguns instrumentos topográficos como: Fio de prumo, Teodolito, Nível topográfico, Mira, Estação total, GNSS, Estádia, Baliza topográfica, Estaca e Laser scanner, são instrumentos necessários e obrigatórios para que se façam os estudos certos de uma determinada área de um terreno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *