Reparos Elétricos

Muitas das vezes são alguns problemas que surgem em nossas casas e que talvez um simples reparo possa sanar este problema. E talvez esta falha que houve em sua casa não seja tão complicada de se resolver, as instalações elétricas assim como a construção civil em si seguem algumas normas que devem ser respeitadas e seguidas, neste caso a instalação elétrica possui algumas normas lógicas exatas e que por sua vez são bem simples, porém é necessária uma total atenção nossa na hora de executar tais reparos, ter um conhecimento básico é muito bom, pois isto lhe ajudará na hora de resolver este problema, como também no que se refere á sua segurança, use ferramentas que estejam isoladas com borracha ou algumas proteção que possa isolar esta ferramenta de tal maneira que proteja você de possíveis choques, ferramentas como: alicates, chaves de fenda ou Philips, tesouras e outras ferramentas que for necessária para executar tais tarefas, cuidado também com lugares úmidos ou que contenha água, pois a mesma também é um condutor de energia e pode fazer com que você leve um choque, se for preciso use um calçado de borracha, deste modo você estará mais protegido.

Antes de começar qualquer tipo de reparo é aconselhável que você desligue a energia do local para evitar algum acidente com choque, neste caso basta você desligar o disjuntor responsável por aquele dispositivo em que você está arrumando, se for um fusível é só retirá-lo. Se você for pesquisar sobre eletricidade, você vai perceber que é um campo muito vasto e complexo, porém ela possui uma base, ou seja, um principio, podemos resumir de uma maneira bem simples, para que você possa entender melhor e com mais facilidades; um circuito elétrico é composto por condutores (fios) que tem por finalidade de conduzir a eletricidade a partir da fonte de energia de sua casa, no caso o padrão da casa que vai até o quadro de distribuição que é composto por disjuntores, a partir deste quadro vai ser distribuída a energia para toda a sua casa, como tomadas, interruptores, lâmpadas e outros; dentro de sua casa você vai trabalhar com o fio fase que é responsável por levar a energia até o ponto desejado (uma lâmpada, por exemplo) e o fio neutro vai levar de volta até quadro de disjuntores (quadro de distribuição), as conexões elétricas de sua casa podem ser em séries ou paralelas, isto vai depender das suas necessidades e de como você quer que seja.

As ligações paralelas são mais convencionais, podem ter vários dispositivos funcionando em um mesmo circuito, a fase e o neutro ficam juntos indo de uma caixa de passagem á outra onde são conectados os dispositivos. Já a ligação em série, são aquelas em que a fase é ligada á todos os dispositivos antes de ser conectado ao fio neutro e assim retornar para o quadro de disjuntores, este tipo de instalações são muito difíceis de encontrar em uma residência, isto se dá por causa da sua interferência aos demais dispositivos, por exemplo, se você fizer esta ligação nas lâmpadas de sua casa, quando uma queimar as outras lâmpadas que fazer parte deste mesmo circuito vão se apagar, isto porque a corrente elétrica que passa pelo cabo foi interrompida.

No caso de uma lâmpada queimada seja qual for o tipo de ligação paralela ou em série, desligue o disjuntor ou retire o fusível, troque a lâmpada e então volte a ligar o disjuntor para testar a lâmpada; o chuveiro também, o reparo é feito da mesma forma, tomando os devidos cuidados em desligar os disjuntores ou os fusíveis se for o caso; eles têm a função de proteger o circuito elétrico de sua casa de algum curto ou mesmo sobrecarga, quando isto ocorre o disjuntor desarma e o fusível queima, se isto ocorrer é necessário que se faça a troca do mesmo também para que tudo volte a funcionar perfeitamente, estas sobrecargas geralmente acontecem quando há um pico forte de energia, quando a energia acaba e retorna subitamente, por um curto em uma tomada ou mesmo em um aparelho elétrico, nesse caso é bom averiguar bem a origem do ocorrido para que não volte a queimar de novo, quanto ao chuveiro após ter desligado o disjuntor verifique se a resistência do mesmo não queimou, caso tenha queimado será necessário que você faça a troca, se for uma resistência convencional ela possui os pontos A, B, e C, no chuveiro também possui esta identificação é só seguir, depois ligue a água do chuveiro deixando a água cair nele fria, ou seja, com ele desligado para que não volte a queimar a resistência, espere um pouco até encher o reservatório do chuveiro, desligue-o e coloque na temperatura desejada, feito isto religue o disjuntor e volte a ligar o chuveiro para ver se está funcionando normalmente, estes são reparos mais simples que muitas das vezes nós podemos resolver, agora caso você perceber que está com muita dificuldade ou que o problema é mais sério é recomendo que você procure um profissional no ramo para diagnosticar o problema e resolvê-lo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *