Fundação

Para fazer a fundação da sua casa é preciso antes de qualquer ação, conhecer o tipo de solo que é o seu terreno.

O tipo de fundação deve ser escolhido de acordo com as características do terreno, isto vária muito de terreno para terreno. A opção que podemos tomar para ter um conhecimento melhor  sobre o solo do terreno,  é perguntar para o vizinho como foram feitas as fundações das construções das casas ali naquela quadra.

Há dois tios de fundação que são mais comuns numa construção há mais tipos, mais estes dois são mais usados, principalmente em construções pequenas.

Fundação

 BALDRAME (SAPATA CORRIDA), se o terreno for firme até 60 cm de profundidade, é possível abrir uma vala no chão e fazer um baldrame sobre o fundo dela; utilizando ferragem, concreto e até mesmo um impermeabilizador para neutralizar a umidade para não subir para as paredes da casa futuramente.

BROCA (ESTACA) e RADIER, se o terreno não for firme até 60 cm de profundidade, neste caso será preciso apoiar o baldrame sobre brocas (estacas ou colunas). Outra solução é fazer um radier, a vantagem do é que ele já funciona como contrapiso e calçada.

Se optar pelo radier não esqueça-se de passar a tubulação de esgoto e os ralos quando for concretar. Porém, o radier só pode ser usado se o terreno todo tiver o mesmo tipo de solo, se uma parte dele for firme e a outra fraca. Você não deve usar o radier.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *