Fossa

A fossa nada mais é do que uma unidade de esgoto doméstico, unidade esta em que é feito a separação e a transformação da matéria física e química de uma matéria solida dentro de um esgoto, ou seja, a decomposição desta matéria é um jeito bem simples e barato de fazer uma rede de esgoto doméstica. Hoje em dia é mais difícil ouvir falar em fossa ou muito menos ver uma, é algo já ultrapassado nas cidades, era muito usado antigamente quando não dispúnhamos de muitos recursos, atualmente é feito através de redes de esgotos, uma área que pode estar sendo usado ainda são nas zonas rurais ou em casas isoladas, mais vale lembrar que o tratamento não é totalmente completo como o é em uma estação de tratamento de esgoto.

Nestas áreas podem ser usadas as fossas sépticas, nas quais são feitas as separação e transformação da matéria sólida contida no esgoto, essas fossas são uma estrutura complementar e necessária para as residenciais que não dispõe de uma estação de tratamento de rede de esgoto, na qual é essencial para evitar certos tipos de doenças, como verminose, cólera e outras mais que são causadas pela falta de higiene, essas fossas vão diminuir os dejetos dos seres humanos jogados diretamente nos rios, lagos e até mesmo em nascentes ou no próprio solo.

A fossa é muito eficaz para a melhoria destas condições de vida e principalmente de higiene da população em que vive em zonas rurais ou em outras localidades que infelizmente não dispõe da coleta publica da rede de esgoto, a fossa fica bem afastada das casas para evitar um cheiro desagradável dentro de casa, cerca de uns cinco metros aproximadamente.

Sua estrutura consiste em um tanque enterrado no solo e que vai receber todo o esgoto vindo da casa, ou seja, todo o dejeto humano como também as águas provinda de tanques e pias, ela vai reter a parte sólida e vai começar o processo biológico de limpeza da parte liquida efluente, para isto é necessário que estes fluentes sejam filtrados no solo para dar inicio ao processo biológico de transformação e purificação eliminando assim todo o risco de contaminação que pode causar algum tipo de doenças, a tubulação que vai interligar a fossa á residência deve ter uma boa inclinação e evitar muitas curvas, ficar abaixo do solo e distante dos poços de água ou de qualquer outra fonte de captação de água para evitar algum tipo de contaminação caso haja um vazamento, o seu tamanho vai variar conforme o número de pessoas que estão na casa, ela pode ser feita em função do consume médio de uns 200 litros de água por pessoa, por dia, mais vale lembrar que a sua capacidade nunca deve ser inferior a mil litros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *